post_2021_05_12_10

Wall Street encerrou em queda nesta quarta-feira, com o S&P sofrendo seu maior recuo percentual diário desde fevereiro, conforme dados da inflação norte-americana alimentaram preocupações de que o Fed possa elevar as taxas de juros mais cedo do que o previsto.

Todos os três principais índices de ações norte-americanos encerraram a sessão em território negativo, na esteira da divulgação de dados dos preços ao consumidor do mês de abril do Departamento do Trabalho, que mostrou a maior alta em quase 12 anos.

O relatório era muito aguardado pelos agentes do mercado, que estão cada vez mais preocupados se os atuais saltos nos preços vão desafiar o discurso do Fed e se transformar em inflação de longo prazo.

Mas a demanda reprimida dos consumidores, num ambiente de amplos estímulos e de maior poupança, está colidindo com uma escassez de oferta, o que tem feito disparar os preços das commodities, enquanto a escassez de mão de obra aumenta os salários.

“O assunto na mente de todos é obviamente a inflação”, disse Matthew Keator, sócio-gestor do Keator Group, empresa de gestão de patrimônio em Lenox, Massachusetts. “É algo que o (Fed) tem procurado, e eles estão finalmente realizando seu desejo.”

“A questão é: por quanto tempo isso vai esquentar antes de começar a ferver?”

O índice Dow Jones (DJI) caiu 1,99%, a 33.588 pontos, enquanto o S&P 500 (SPX) perdeu 2,144939%, a 4.063 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq (US100) recuou 2,67%, a 13.032 pontos.

 

(Money Times com Reuters)

Escrito por:

A Recomenda Ações e seu blog preza pela qualidade da informação e atesta a apuração de todo o seu conteúdo produzido pela equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O Blog se faz apenas para fins informativo.