post_2021_04_09_5

A alta de 0,93% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em março foi o resultado mais elevado para o mês desde 2015, quando aumentou 1,32%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em março de 2020, o IPCA ficou em 0,07%.

 

Como resultado da alta vista no terceiro mês de 2021, a taxa acumulada pelo IPCA em 12 meses acelerou de 5,20% em fevereiro para 6,10% em março, ante uma meta central de 3,75% perseguida pelo Banco Central este ano. A taxa foi a mais acentuada desde dezembro de 2016, quando estava em 6,29%.

 

O IPCA rompeu o teto da meta para este ano, que seria de 5,25%.

 

“A última vez que o acumulado em 12 meses ultrapassou o teto da meta foi em novembro de 2016. O teto da meta em 2016 era de 6,5%, e em novembro de 2016 o acumulado em 12 meses era de 6,99%”, apontou André Almeida, analista da Coordenação de Índices de Preços do IBGE.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Escrito por:

A Recomenda Ações e seu blog preza pela qualidade da informação e atesta a apuração de todo o seu conteúdo produzido pela equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O Blog se faz apenas para fins informativo.