Índice de Variação de Aluguéis Residenciais sobe 2,92%

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (Ivar) subiu 2,92% em fevereiro, o que representa uma aceleração em relação ao percentual (1,86%) de janeiro. Com o resultado, o índice passa a acumular variação de 4,76% em 12 meses, a maior variação acumulada pelo Ivar desde o início da série histórica, em janeiro de 2019. Os dados foram divulgados hoje (8), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Entre janeiro e fevereiro, a variação mensal do Ivar acelerou em quase todas as cidades componentes do índice. Apenas São Paulo teve ligeira desaceleração: de 2,45% para 2,38%.

 

Aceleração

Considerando a tendência da variação acumulada em 12 meses, todas as cidades componentes do Ivar apresentaram aceleração: São Paulo (de 0,40% para 2,83%), Rio de Janeiro (de 1,85% para 4,90%), Belo Horizonte (de 3,69% para 9,32%) e Porto Alegre (de 0,84% para 5,46%).

O Ivar foi desenvolvido para medir a evolução mensal dos valores de aluguéis residenciais do mercado de imóveis no Brasil. O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais utiliza informações dos contratos assinados entre locadores e locatários, intermediados por empresas administradoras de imóveis em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Fonte: Agência Brasil

Publicado por:

Erika Santos

Erika Santos