post_2021_04_29_02

Os papéis da Gol (SA:GOLL4) caía 0,5% nesta quinta-feira (29) após a companhia aérea apresentar prejuízo líquido de R$ 2,528 bilhões no primeiro trimestre de 2021, ante resultado negativo de R$ 2,288 bilhões um ano antes, e anunciar um aumento de capital de cerca de R$ 512 milhões em novas ações.

Perto das 10h20, a ação era negociada a R$ 23,95, com alta acumulada de 15,88% nos últimos trinta dias e de 93,06% nas últimas 52 semanas.

Segundo a companhia, os acionistas controladores, os irmãos Constantino, planejam subscrever até R$ 270 milhões do total, a um preço por ação preferencial R$ 24,19.

Para o Goldman Sachs, o aumento de capital é um desdobramento positivo já que a posição de liquidez da Gol é um ponto de atenção de curto prazo.

No entanto, escrevem em relatório, mesmo sem isso, a companhia aérea parece ter liquidez suficiente para cobrir sua dívida de curto prazo.

Eles dizem continuar com a recomendação de Compra para a companhia aérea por estar pronta para uma recuperação acentuada uma vez que a atual onda de Covid-19 no Brasil está se dissipando, com potenciais ganhos de market share a partir da competição enfraquecida.

 

Fonte: Investing.com

Escrito por:

A Recomenda Ações e seu blog preza pela qualidade da informação e atesta a apuração de todo o seu conteúdo produzido pela equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O Blog se faz apenas para fins informativo.