Embraer (EMBR3) reverte prejuízo e lucra R$ 327,2 milhões no 4T21

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A Embraer (EMBR3) encerrou o quarto trimestre de 2021 com lucro líquido ajustado de R$ 327,2 milhões, segundo dados divulgados pela fabricante de aeronaves nesta quarta-feira (9).

O resultado representa uma reversão do prejuízo de R$ 70,3 milhões registrado em igual período de 2020.

No acumulado do ano, a companhia conseguiu reduzir o prejuízo para R$ 162,6 milhões (ante baixa de R$ 2,3 bilhões em 2020).

A receita líquida fechou em R$ 7,2 bilhões no trimestre, queda de 25,7% em relação a igual período de 2020. Nos doze meses de 2021, o resultado subiu de R$ 19,6 bilhões para R$ 22,6 bilhões, atingindo o guidance.

A receita foi impulsionada pela divisão de aviação comercial, que registrou no ano crescimento de 31,5% na receita, para R$ 7,1 bilhões.

No quarto trimestre, a Embraer entregou 55 jatos, dos quais 16 são aeronaves comerciais e 39 são jatos executivos (26 leves e 13 médios). Com isso, a empresa totalizou 141 jatos entregues em 2021 – 48 aeronaves comerciais e 93 jatos executivos (62 leves e 31 médios).

A companhia encerrou o trimestre com carteira de pedidos firmes (backlog) em US$ 17 bilhões, maior nível desde o segundo trimestre de 2018, impulsionado por “um consistente nível de pedidos, especialmente nos segmentos de aviação executiva e comercial”.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 625,6 milhões no quarto trimestre, ante R$ 924,7 milhões de um ano antes. Sob base ajustada, o indicador atingiu R$ 609,4 milhões.

O Ebitda e o Ebitda ajustado acumulado em 2021 foram de, respectivamente, R$ 2,1 bilhões (contra desempenho negativo de R$ 177,1 milhões em 2020) e R$ 1,9 bilhão (versus saldo positivo de R$ 437,6 milhões um ano antes).

 

Guidance

Além dos resultados, a Embraer divulgou as projeções para 2022.

A companhia projeta entregar até 70 aviões comerciais e 110 jatos executivos neste ano, totalizando receita consolidada de US$ 5 bilhões. Além disso, espera terminar o ano com uma margem Ebitda de 4,5%.

Por Diana Cheng e Renan Dantas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Fonte: Money Times

Publicado por:

Erika Santos

Erika Santos