post_2021_05_06_05

O banco central britânico afirmou que vai desacelerar o ritmo de compra de títulos ao elevar com força sua projeção para o crescimento britânico este ano após o impacto do coronavírus, mas destacou que não está apertando a política monetária.

O Banco da Inglaterra manteve sua taxa básica de juros na mínima recorde de 0,1% e o tamanho de seu programa de compra de títulos em 895 bilhões de libras (1,24 trilhão de dólares), como esperado por economistas consultados pela Reuters.

O banco central disse que vai desacelerar a compra de títulos para 3,4 bilhões de libras por semana, ante o ritmo atual de 4,4 bilhões.

“O momento esperado de conclusão do programa de compras segue inalterado. Essa decisão operacional não deve ser interpretada como uma mudança na postura de política monetária”, disse o banco.

Até agora, a maioria dos bancos centrais em países ricos de todo o mundo enfatizou que não tem pressa para reduzir o enorme suporte que vêm fornecendo a suas economias.

O Banco da Inglaterra elevou sua projeção para o crescimento econômico britânico em 2021 a 7,25%, de estimativa feita em fevereiro de 5,0%.

O aumento reflete um impacto menor do que o esperado de um terceiro lockdown pelo coronavírus que começou em janeiro, além da extensão de maiores gastos públicos e reduções de impostos anunciados em março.

Mas reduziu a projeção de crescimento em 2022 a 5,75%, ante a estimativa anterior de 7,25%.

 

Fonte: Money Times com Reuters

Escrito por:

A Recomenda Ações e seu blog preza pela qualidade da informação e atesta a apuração de todo o seu conteúdo produzido pela equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O Blog se faz apenas para fins informativo.